Inscrição Fuzileiro Naval 2021: Como fazer, Requisitos e Dicas Gerais

Os soldados dos Fuzileiros Navais fazem parte da Marinha do Brasil. Todo ano é aberto o concurso público para seleção de jovens do sexo masculino para ingressar nas Turmas I e II do ano seguinte. Dessa forma, os candidatos interessados nesse curso de formação devem ficar de olho nas vagas destinadas e quando será realizado todas as etapas do concurso.

Para 2021, a Marinha abriu 960 vagas para o curso. Os jovens que ingressarem no curso para Fuzileiro Naval devem compartilhar os princípios morais da instituição, que são: honestidade, ética e princípios morais. Assim, os candidatos que escolherem servir precisam saber mais sobre as vagas destinadas e como funcionam.

Outro concurso muito procurado por jovens que querem ingressar na carreira militar pela Marinha do Brasil é o Colégio Naval, que também tem edital todos os anos.  No Colégio Naval são preparados os futuros cadetes da Escola Naval.

Por isso, fique de olho no concurso de admissão que você deseja, qual tipo de curso de formação e demais informações sobre o serviço ativo. Veja aqui mais sobre os concursos previstos para navais da marinha e fuzileiro.

Confira abaixo como realizar a inscrição para Fuzileiro Naval em 2021, como é o processo para candidatos aprovados no concurso da marinha, como ter acesso as provas anteriores, um resumo do concurso, o que o candidato deverá ficar atento e locais de realização da inscrição no site da marinha.

Inscrição Fuzileiro Naval 2021

Aqui você poderá tirar as principais dúvidas que os candidatos possuem, como funcionam os concursos abertos, quantas vagas são destinadas para os candidatos aprovados, mais sobre o diário oficial, como funciona durante o curso, a prova escrita e demais informações para aqueles que escolheram servir ao corpo de fuzileiros.

Como fazer Inscrição Fuzileiro Naval 2021?

Inscrição Fuzileiro Naval 2021

A inscrição para o curso de 2021 ocorreu entre 19 de fevereiro e 20 de março de 2020, mas verifique o processo de inscrição caso pretenda se inscrever no próximo ano. Essa informação é primordial para os candidatos que queiram trabalhar no batalhão de operações, principalmente para soldado fuzileiro.

Para tentar o concurso no próximo ano, fique atento ao site de inscrição, no link “Concursos para o CFN”. Saiba mais sobre os outros concursos abertos para formação de soldados, o que o candidato deverá fazer durante o curso, se é necessário que sua graduação seja condizente ou fazer outro curso inicialmente.

Após preencher o formulário, é necessário pagar a taxa de inscrição no valor de R$25,00. O pagamento pode ser feito em débito automático ou via boleto bancário. É ele que garante aos candidatos a vaga nos concursos abertos, do contrário, não será validado a inscrição.

Após o décimo primeiro dia útil após o pagamento, o candidato deve verificar a confirmação de sua pré-inscrição no link “Concursos para o CFN”. É o resultado final que aparece no Diário Oficial da união e não a confirmação da matrícula, essa é divulgada pessoalmente aos candidatos.

Nesse momento, o candidato deve imprimir o comprovante que deve ser levado no dia da prova. Fica de responsabilidade aos candidatos imprimirem o mesmo e levarem no dia do concurso da marinha.

Os documentos necessários para inscrição são:

  • Documento de identificação original com foto, como carteiras expedidas pela Marinha, Exército e Aeronáutica; pelas Secretarias de Segurança Pública, Institutos de Identificação, Polícias e Corpos de Bombeiros Militares; Carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional; Passaportes; Certificados de Reservista; Carteiras funcionais do Ministério Público; Carteiras de Trabalho; e Carteiras Nacional de Habilitação.
  • Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Interessados que não tiverem acesso à internet podem ir até uma sede da Marinha ou em Postos de Inscrição temporários nas cidades que constam no edital. Não será necessário agendamento, basta ficar atento as inscrições do concurso, ou na página do site oficial ou nos locais de inscrição.

Quem pode se inscrever?

Inscrição Fuzileiro Naval 2021

Para estar apto a se inscrever no concurso público para Fuzileiro Naval é preciso cumprir alguns requisitos:

  • Ser brasileiro,
  • Ser do sexo masculino,
  • Ser voluntário,
  • Ter entre 18 anos e 22 anos de idade até o dia primeiro dia do mês de janeiro do ano em que o concurso será válido, de acordo com a Lei nº 12.704, de 08 de agosto de 2012,
  • Ter concluído o ensino médio ou curso equivalente, em instituição de ensino reconhecida pelo MEC. No caso do candidato ter concluído o ensino médio em instituições estrangeiras, deverá apresentar Declaração de Equivalência ao Ensino Médio emitida pelo órgão competente da Secretaria de Estado de Educação,
  • Ter altura entre 1,54 e 2,00 m de altura,
  • Não ter sido considerado incapaz para o serviço militar em qualquer Força Armada ou Auxiliar,
  • Se o candidato for militar ou reservista, é necessário ter graduação inferior a Cabo,
  • Não ser deficiente físico ou mental,
  • Estar apto a participar dos testes de Inspeção de Saúde e de Aptidão Física de Ingresso,
  • Não possuir antecedentes criminais.

Somente dessa forma será possível trabalhar no batalhão de operações e na formação de soldados do concurso da marinha. Fique atento nas inscrições do concurso, nos locais de realização e às turmas que se formarão.

Dicas gerais

Inscrição Fuzileiro Naval 2021

Os cursos de formação para Fuzileiro Naval acontecem no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves, que fica localizado no Rio de Janeiro, e no Centro de Instrução e Adestramento em Brasília.

Durante este curso, os alunos têm direito a moradia, alimentação, uniformes e remuneração ao longo das 17 semanas de duração do curso. Além de assistência médico odontológica, que é incluída assim que é feita a admissão ao curso.

Quando concluído o curso, os alunos são nomeados Soldados Fuzileiros Navais e são incorporados à Marinha do Brasil. Estando prontos, por exemplo, para trabalhar nas operações ribeirinhas em situação delicada, após curso e conclusão de sua graduação.

Concurso

O concurso público para admissão é constituído das seguintes etapas:

  1. Exame de Escolaridade (eliminatório e classificatório): Língua Portuguesa e Matemática,
  2. Verificação de Dados Biográficos (VDB),
  3. Inspeção de Saúde (IS),
  4. Avaliação Psicológica (AP),
  5. Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i),
  6. Verificação de Documentos (VD).

O Exame de Escolaridade (EE) é composto por duas fases, sendo a primeira com questões de Língua Portuguesa e outra com questões de Matemática. A prova escrita é importante na admissão ao concurso, dessa forma, a prova valerá para selecionar corretamente aqueles que escolherem servir ao corpo de fuzileiros.

O Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i) é realizado em candidatos que são aprovados na Inspeção de Saúde. Dessa forma, após realizar as duas partes da prova objetiva dos concursos militares, é preciso passar em uma prova física, caso seja aprovado na marinha admissão.

Os testes incluem nadar por 50 metros durante dois minutos; correr 3,2 km em até 19 minutos, flexão na barra que poderão ser realizadas com as palmas das mãos voltadas para frente (pronação) ou para trás (supinação), e 38 repetições de abdominal durante um minuto com as pernas dobradas e os braços cruzados sobre o peito.

Mais detalhes sobre o concurso podem ser obtidos no site. Além de saber mais sobre os concursos previstos ou outros de nível superior.

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Comente